FALSA CARREIRA DE SUCESSO

Lazy man

“A carreira deve ser muito mais que apenas seu sustento financeiro, deve ser uma bela composição de atividades, que brilham os seus olhos e se direcionam pelo trajeto dos seus sonhos” – Rodrigo Quinalha

Recordo, quando criança, sonhava com diversas carreiras e profissões, era uma sensação interessante de se sentir apto a ser “tudo” e ao mesmo tempo, ainda  não ser “nada”, a trajetória seria longa. Com os anos passando, novas experiência acumuladas, os estudos avançando, sonhei em ser um pouco de tudo: jogador de futebol, astronauta, músico, surfista profissional, shaper de pranchas de surf, executivo de negócios, cientista, palestrante, escritor, professor e até mesmo, comandante/capitão náutico.

Algumas vezes, parei para pensar e revisitar toda essa lista de sonhos e carreiras que havia pretendido um dia, como qualquer criança sonhadora; descobri que poderia ter realizado qualquer uma delas, somente precisaria de três ingredientes, ao meu lado todos os dias: coragem, paixão e dedicação. Sinceramente, até hoje, não consegui encontrar nenhuma conexão lógica, entre essas possíveis carreiras, apenas uma ilógica; todas me levariam a uma satisfação interna pretendida, de me divertir, enquanto o curso da vida seguia.

Sempre tive uma abordagem eclética em relação ao mundo que me cerca, nunca admirei pessoas com visão restritiva  ao seu mundo apenas, “presos e ancorados o resto da vida a sua limitada verdade”. Pela qual algumas vezes, se torna exatamente seu peso de não progredir a nenhuma direção.

Temos exemplos próximos de pessoas que acreditam ser muito tarde, para qualquer mudança de carreira, em busca dos seus sonhos. Os principais obstáculos citados são:

  • Sem recursos financeiros e tempo, para investir em uma nova formação;
  • Coragem e dedicação necessária a este novo mundo profissional;
  • Humildade de recomeçar do “zero” e estar aberto novamente a aprender todos os dias;
  • Instabilidade ou redução da condição financeira atual, que pode ser gerada ao se iniciar uma nova carreira;
  • Insegurança ao enfrentar novo e desconhecido;
  • Dúvidas, mais dúvidas, mais dúvidas – a famosa indecisão de “errar de novo”;
  • Julgamento externo – receio do que os outros (família, amigos, amigos de trabalho, etc) vão falar;

Será que é tão simples acreditar e conseguir, buscar e atingir? Apesar de respeitar as peculiaridades e realidades únicas de cada ser humano, gostaria de compartilhar alguns exemplos maravilhosos de mudanças de carreiras, para que sirvam de incentivo a vocês a buscar o seu caminho, o que realmente lhe brilha os olhos?

Antes de participar do famoso filme e interpretar Rock Balboa, Sylvester Stallone, ganhava US$ 1,12 por hora no zoológico do Central Park em NYC. Era responsável pelo trabalho insalubre de limpar as jaulas dos leões.

Quem iria imaginar que Brad Pitt foi motorista de limusines. Antes disso ainda, Brad já se fantasiou de “galinha gigante” e acenava para os carros na rua, fazendo propaganda da marca “El Pollo Loco”.

Ellen Degeneres a famosa comediante e apresentadora do “The Ellen Degeneres Show”, abria ostras e trabalhou na área administrativa, como analista, em uma advocacia.

Andrea Bocelli após se graduar em direito pela Universidade de Pisa, exerceu a profissão até seus 34 anos, época em que deixou o emprego de advogado de defesa para cantar em tempo integral.

Após trabalhar em uma peça “American Graffiti”, Harrison Ford desistiu de atuar, não acreditava em seu sucesso, achava que não tinha aptidão suficiente a carreira, assim optou pela carpintaria por ser uma carreira que lhe dava estabilidade financeira. Até George Lucas convidá-lo para estrelar “Star Wars” e todo mundo sabe quais foram os próximos passos na carreira de Harrison, Ellen, Stallone, Brad Piit e Bocelli.

Sem falar em um grande nome, Walt Disney, o qual criou todo seu império após seus 50 anos de idade. Nascido em uma fazenda remota em Chicago, sem perspectiva alguma provida, por seus pais; simplesmente mudou a história da animação, parques temáticos e conto de fadas, mundialmente.

E não precisamos de celebridades e famosos, quantas pessoas próximas a vocês já não perseguiram seus sonhos e foram bem sucedidas, entenda, ser bem sucedido não quer dizer se transformar em um milionário, mas se sentir pleno e satisfeito todos os dias pela sua carreira escolhida. Trata-se mais que puramente das questões financeiras, esta plenitude não tem preço, ela será sua, apenas sua.

Tenho um grande amigo da época da faculdade que nos formamos juntos em Bacharel de Tecnologia da Informação, o qual trabalha ainda em uma grande empresa multinacional de Tecnologia em home office. Porém acreditou em seus sonhos; bem maiores de se obter apenas um bom emprego, em uma grande empresa, saiu da zona de conforto e se mudou para outro estado, para seguir seu sonho em se formar em Psicologia. Um grande exemplo de foco e disposição a mudar seu mundo por sua ação e escolha. Uma guinada de uma área técnica/exata para uma área humana/social, com grande coragem.

Coragem, dedicação e paixão: esse grupo de sentimentos te movimenta a qualquer direção e atravessa qualquer abismo que separa você de sua realização, não importa o tamanho dele. O sucesso tem que começar por você mesmo, internamente e não o sucesso que os externos julgam. Viva por você, não pelos outros!

Talvez Confúcio, tenha um pingo de razão, não?  ” Escolha um trabalho, que você ame e você nunca terá que trabalhar um dia em sua vida. ” – Confúcio 

Rodrigo Quinalha
Palestrante Corporativo
Professor MBA & Pós – FIA – Fundação Instituto de Administração 
Business Manager – HB

5 thoughts on “FALSA CARREIRA DE SUCESSO

  1. Ola Quinalha,
    Que belo texto vou publicar no meu mural do twitter e facebok, é muito inspirador e para uma boa reflexão.

    abs,

    Edinaldo Junior

  2. Agradeço a leitura e comentários por todos!
    Rodrigo Quinalha

  3. Meu caro amigo, que bela reflexão!

  4. Grande Rodrigo,

    Muito bom texto meu caro! Com certeza nos leva a refletir onde estamos e onde queremos chegar.

    Forte Abraço,
    Murilo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s